Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Taça Minas Gerais 2006’ Category

Célebres torcedores alvirrubros,

Após um bom tempo sem escrever aqui no Blog, estou de volta pra falar do nosso centenário Leão do Bonfim, que passa por uma grave crise política, que acredito e sonho, que vai passar rápido.

Tenho acompanhado jornais de BH e alguns boatos na cidade de que o Villa vem forte pra 2010. Mas todo ano a gente ouve isso e fica acreditando, confiando que teremos um ano de sucesso e nada acontece. Será no próximo, que as coisas irão mudar? Às vezes me pergunto, como é que deixaram o Leão envelhecer desta maneira? Como conseguiram afundar nosso clube neste lamaçal? Já ouvi piadas como “O Villa está fora de série. Fora de Série A, B, C e fora até da D. Como isso pôde acontecer com nosso Leão do Bonfim?

Sei que isso aconteceu não foi de ontem pra hoje, mas sim de alguns poucos anos pra cá. Após cair pra Segundona em 1994 e subir em 95, vencendo a competição, o Villa parecia que havia voltado pra assumir o seu posto cativo como uma das maiores forças do futebol mineiro. Chegou até mesmo à final do Mineiro, em 1997, sem ajuda de nenhum clube grande, pelo contrário, foi com a vontade, determinação e qualidade dos jogadores que a direção trouxe na época.

Mas a partir daí, o Leão parou no tempo. Conquistamos a Taça Minas Gerais em 2006 e chegamos à final este ano, mas o clube não passou de mero competidor e até mesmo por assíduo lutador contra o temido rebaixamento. Nosso Villa infelizmente está envelhecendo da pior maneira.

Hoje, em 2009, já tivemos três presidentes, e mais de cinco técnicos, além de dezenas de jogadores passaram por aqui. Falta organização no clube, falta peito pra ir em empresas ou órgãos competentes para buscar apoio ou investimento. Falta vontade de querer mudar, de implementar novas metodologias e culturas dentro do clube e principalmente, falta planejamento. Tudo é feito pra apagar incêndio, tudo em cima da hora. Não existe plano nenhum pro segundo semestre ou até mesmo pro ano que vem, ou daqui a dois, três anos, ou até mesmo na época em que o Brasil será a capital dos esportes, em 2014 e 16. É uma pena. Torço e vou lutar pra que até lá, nosso Villa não amargure um triste fim.

Será que vamos parar aonde? Salários atrasados de funcionários é o que não falta e dinheiro da prefeitura também não. E os tais funcionários fantasmas? Agora ficamos sabendo que estão vindo os atacantes Marinho (ex-Atlético-MG) e Warley (ex-Grêmio, São Paulo e Seleção Brasileira). A diretoria, ou melhor, o Conselhor Gestor manteve o Allan taxista, Renan Vieira e o Fabinho. Até hoje, os patrocinadores não apareceram. Será que vamos continuar a ver nas manchetes dos jornais e televisão, matérias de mais crise ou de conquistas em 2010? Espero que a segunda opção se prevaleça.

Força LEÃO.

Daniel Rodrigues

obs.: Comunico que não mais estou fazendo parte do quadro diretor do clube, como responsável pelo departamento de marketing e comunicação, simplesmente por motivos meramente profissionais, mas continuarei sendo o editor e comentarista do Blog do Villa-novense sempre informando, elogiando ou criticando os acontecimentos no clube.

Read Full Post »

zeraimundo_2008

A decisão da vaga para a disputa das semi-finais da Taça Minas Gerais para o Villa acabou ficando para a última rodada, no jogo contra o América na próxima quarta-feira no Castor Cifuentes.

Mesmo com o bom resultado obtido frente o Tupi, no jogo de quarta em Juiz de Fora, o Villa Nova precisa vencer o Coelho para se classificar ou até mesmo garantir o primeiro lugar na chave, para levar vantagem contra Uberaba ou Uberlândia no mata-mata da próxima fase.Mais uma vez o Leão do Bonfim vai precisar da força de sua torcida para lhe ajudar, transformando o estádio em um alçapão armado pelos alvirrubros, como ficou famoso ao longo de sua centenária história.

AlçapãoEsse ano mesmo quando precisou dessa força para escapar do rebaixamento no Campeonato Mineiro, conseguiu seu feito impulsionado pelos apaixonados villa-novenses, com uma demostração de poderio de uma torcida que sabe ajudar nos momentos em que é chamada. Vale lembrar também que foi no Alçapão, que o Villa conquistou seu último título profissional, tornando-se Bi-campeão desta mesma competição em 2006, em um jogo inesquecível realizado d’baixo de muita água.

O velho Castor Cifuentes pode até estar obsoleto e fora da modernidade, mas sem dúvida nehuma tem importância máxima na vida do torcedor alvirrubro, que o faz inflamar nos jogos decisivos, transformando-se no grande Alçapão das decisões.

Saudações alvirrubras, um abraço para os villa-novenses Jorge e Taquinho do Depósito João Leiteiro, e até a próxima se Deus quiser.

Read Full Post »

ITUIUTABA ainda está estudando se entra na competição

O presidente do clube do Triângulo Mineiro, Rone Morais, disse que até o fim desta semana será resolvido se o time vai ou não disputar a Terceira Divisão nacional. “Ainda estamos estudando, porém não houve ainda definição, o que deve ocorrer nos próximos dias.” A participação do Ituiutaba está dependendo do aparecimento de novos investidores para custear as despesas da competição. O dirigente, porém, não confirmou a informação. Quando conquistou a Taça MG do ano passado, o Ituiutaba abriu mão da vaga na Série C, preferindo disputar a Copa do Brasil, da qual já foi desclassificado. Mas voltou a garantir presença na Terceira Divisão ao terminar o Estadual em quarto lugar.

Villa: Começa a montagem para o segundo semestre
Estado de Minas

O time do Leão vive a expectativa de disputar o Campeonato Brasileiro da Série C, já que o alto custo da competição, orçada em R$ 1 milhão, é considerado muito alto, tanto pelo Ituiutaba quanto pelo Guarani, de Divinópolis, respetivamente quarto e quinto colocados no Campeonato Mineiro. E pensando no futuro, o presidente do clube, João Bosco Pessoa, começa a trabalhar na montagem da equipe para o segundo semestre, já que se não for confirmado na competição nacional, o Villa participará da Taça Minas Gerais. O primeiro a receber uma proposta de renovação foi o goleiro Glaysson, ídolo da torcida.

Read Full Post »

Dia 26/11/2006 o Villa conquistava a Taça Minas Gerais
   
Nesta segunda-feira, completa-se um ano da brilhante conquista da Taça Minas Gerais de 2006 pelo Villa Nova. Numa tarde chuvosa inesquecível, com o Alçapão do Bonfim transbordando água e gente, o Leão venceu o Uberaba por 3×1 e faturou o título. Vale a pena recordar este importante momento na história do Villa:

Taça Minas Gerais – 2006 – Final

Jogo de Volta – 26/11/2006 – domingo – 17h
Villa Nova 3×1 Uberaba

Gols – André (4’ do 1º), Carciano (40’ do 1º), Márcio Guerreiro (35’ do 2º) (V) – Walderi (25’ do 1º) (U)
Público – 6.500
Renda – R$15.000,00 (US$6.900)
Local – Estádio Municipal Castor Cifuentes (Nova Lima-MG)
Árbitro – Renato Cardoso Conceição (MG)
Cartão Amarelo – Zé Eduardo, Mateus, Carciano, Clodoaldo, Geison (V) – Cafu, Edimar, Fabiano, Walderi, Ênio (U)
Cartão Vermelho – Braitner (46’ do 2º) (V) – Eduardo (20’ do 2º), Walderi (46’ do 2º) (U)

Villa Nova – Glaysson; Mateus (Geison) (33’ do 1º), César, Carciano e Marcel; André, Paulo César, Zé Eduardo (Braitner) (15’ do 2º) e Márcio Guerreiro; Clodoaldo e Márcio Diogo (Eraldo) (36’ do 2º)
Técnico – Francisco Carlos Ferreira da Silva – Pirulito

Uberaba – Paulo César; Tadeu; Ênio, Derlan e Eduardo; Fabiano (Euller) (22’ do 2º); Cafu, Edimar e Evandro (Buiú) (36’ do 2º); Walderi e Leandro Carrijo
Técnico – Luiz Eduardo

Read Full Post »