Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Homenagem’ Category

As comemorações do centenário do Villa Nova se encerraram de forma grandiosa, com o clube sendo homenageado no plenário da Câmara Federal em Brasília na segunda-feira dia 14, diante da satisfação de alguns villanovenses que tiveram o privilégio de formar a comitiva alvirrubra e de centenas de outros que assistiram pela televisão, todos orgulhosos em ver o Leão do Bomfim ser agraciado em nível nacional.

Depois de encerrada a festa, o Villa recomeça uma caminhada rumo a novos desafios, estreando na Copa BH de futebol júnior na última quarta-feira contra o Criciúma de Santa Catarina, preparando-se para depois enfrentar outros adversários de alto nível em sua chave, como o Corinthians e o Cruzeiro, além de equipes de menor expressão mas dotadas de boas estruturas. O time de Nova Lima vem credenciado pela recente conquista da Copa Integração da categoria, quando superou os grandes da capital e levantou o troféu de Bi-campeão com autoridade de um clube centenário. A equipe de Sérgio Araújo entra na disputa com a base vencedora, desfalcada de quatro jogadores que estouraram idade para a categoria e subiram para o quadro profissional, onde ajudarão Pirulito a formar o novo Villa Nova para jogar a Taça Minas Gerais. Sem dúvida será uma ótima oportunidade para a reformulação do elenco, saindo de vez da inércia de apostar nos famosos “Bondes dos empresários” e em jogadores  “fim de carreira” para promover jovens promessas que poderão se tornar realidade no futuro. O torcedor Villanovense também gosta de apoiar a prata da casa, porque já concluiu que esse é o melhor caminho para se chegar ao pódio dos vencedores.

A partir de agora o Leão terá uma cara nova, a cara que o torcedor gosta, a verdadeira cara do Villa Nova.

EM TEMPO:

Na crônica da semana passada  cometi um erro ao falar da homenagem da comenda do centenário esquecendo de citar os ex-jogadores e atuais funcionários Vacari e Índio e também do presidente João Bosco Pessoa.

Indiferentemente de ser um crítico constante da atual administração, reconheço o mérito dos três, que a muito tempo prestam serviços ao clube com total presteza e dedicação.

Saudações “alvirrubras” e até a próxima se Deus quiser.

Anúncios

Read Full Post »

apre_estadio5.jpg

Domingo de comemoração em Nova Lima, pois a diretoria do Villa Nova finaliza primeira metade do processo de aprovação do orçamento para a construção da Arena Esportiva do Leão do Bonfim.

Estiveram presentes muitas autoridades municipais, estaduais e federais, bem como empresários, torcedores e conselheiros do clube. Dentre eles o Deputado Federal Virgílio Guimarães, que foi o autor da Emenda ao orçamento da União que destina R$ 9.888.888,00 (Nove milhões, oitocentos e oitenta e oito mil, oitocentos e oitenta e oito reais) à obra. O restante dos recursos necessários para a construção do estádio virão de uma substancial contrapartida da Prefeitura de Nova Lima. O orçamento total é de 17 milhões de reais.

O Prefeito Municipal, Carlinhos Rodrigues deu o tom inicial da cerimônia e enfatizou todo ideal que envolve a construção do Estádio e também dos projetos paralelos do município que agregam valor ao empreendimento. Neste mesmo objetivo, o Presidente do Villa, João Bosco Pessoa também frizou a importância de um Estádio de nível internacional para o clube e também para a cidade de Nova Lima.

apre_estadio4.jpg

O engenheiro e arquiteto Rafael Diniz, fez uma breve, clara e objetiva palestra sobre o todo do projeto e seus detalhes técnicos. O Estádio foi projetado para uma área de 100 mil metros quadrados e será construído no bairro Cabeceiras, logo na entrada da cidade de Nova Lima, em um terreno cedido doado pela Mineradora AngloGold Ashanti.

O empreendimento comporá de toda infra-estrutura moderna internacional e o campo terá dimensão máxima de 110x75m (padrão FIFA), com 23 mil cadeiras e totalmente coberto. No entorno do estádio, terá restaurante, estacionamento, outra campo para treinamento, escola de futebol para a categoria de base e um departamento médico.

O Dep. Federal Vírgilo Guimarães, atleticano confesso, fez questão de agradecer o convite para o Conselho Deliberativo do Villa Nova e disse ter escolhido o Villa como seu time de coração. “Na minha família todos são alvi-negros, pois tive familiares atletas no Atlético Mineiro, então nasci atleticano. Mas, hoje eu estou adotando o Villa Nova como meu time. O time que EU escolhi para torcer!”

A previsão do início das obras é para este semestre e o términio é entre 18 e 24 meses.

Daniel Rodrigues
Site Oficial do Clube

Read Full Post »

Três jogadores do Leão são agraciados com destaque especial no 13º Troféu Monkey

Daniel Rodrigues
Editor Site Oficial do Villa

NOVA LIMA-MG – Nesta segunda-feira, 03/12/2007, o Leão teve três jogadores que receberam homenagens no 13º Troféu Monkey – Jornalista José Pedro da Silva, realizado pelo jornalista Mário Savaget, proprietário do Jornal Opção Regional, pelo bom desempenho na temporada.

A cada ano, o Jornal Opção Regional busca valorizar o esporte de Minas Gerais. E esta homenagem é realizada para os clubes e ligas amadoras da região metropolitana e também aos profissionais do esporte mineiro que se destacaram.

No evento, realizado no Hall Nobre do Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, estiveram presentes autoridades do esporte, empresários, atletas e ex-atletas profissionais e amadores, dirigentes de clubes e ligas e governantes de municípios que apóiam o esporte.

Foto: Daniel Rodrigues
trofeu_monkey16.jpg

Os jogadores homenageados foram o zagueiro Carciano, que foi representado pelo seu empresário e advogado, também o meia-armador Emerson e o goleirão Glaysson.

No evento, o Cruzeiro Futebol Clube de Honório Bicalho, Nova Lima, também foi homenageado como um dos Melhores Clubes Amadores de Minas Gerais em 2006/2007, recebendo também o destaque especial para o artilheiro do clube, o Adilson Preguinho. Além destes premiados, clubes como Cruzeiro de Belo Horizonte, Atlético-MG, América e Ipatinga, também tiveram atletas homenageados.  Destaques para Marinho e Éder Luis do Atlético, Emerson e Kerlon do Cruzeiro e Daniel Moraes e Alessandro do América e outros, também foram agraciados com o troféu.

O jornal Opção Regional, que é um órgão informativo da região metalúrgica de Belo Horizonte, foi fundado em 1984 e abrange 53 cidades de Minas Gerais, na grande BH, leste, oeste, noroeste e Centro de Minas.

Read Full Post »

Dia 26/11/2006 o Villa conquistava a Taça Minas Gerais
   
Nesta segunda-feira, completa-se um ano da brilhante conquista da Taça Minas Gerais de 2006 pelo Villa Nova. Numa tarde chuvosa inesquecível, com o Alçapão do Bonfim transbordando água e gente, o Leão venceu o Uberaba por 3×1 e faturou o título. Vale a pena recordar este importante momento na história do Villa:

Taça Minas Gerais – 2006 – Final

Jogo de Volta – 26/11/2006 – domingo – 17h
Villa Nova 3×1 Uberaba

Gols – André (4’ do 1º), Carciano (40’ do 1º), Márcio Guerreiro (35’ do 2º) (V) – Walderi (25’ do 1º) (U)
Público – 6.500
Renda – R$15.000,00 (US$6.900)
Local – Estádio Municipal Castor Cifuentes (Nova Lima-MG)
Árbitro – Renato Cardoso Conceição (MG)
Cartão Amarelo – Zé Eduardo, Mateus, Carciano, Clodoaldo, Geison (V) – Cafu, Edimar, Fabiano, Walderi, Ênio (U)
Cartão Vermelho – Braitner (46’ do 2º) (V) – Eduardo (20’ do 2º), Walderi (46’ do 2º) (U)

Villa Nova – Glaysson; Mateus (Geison) (33’ do 1º), César, Carciano e Marcel; André, Paulo César, Zé Eduardo (Braitner) (15’ do 2º) e Márcio Guerreiro; Clodoaldo e Márcio Diogo (Eraldo) (36’ do 2º)
Técnico – Francisco Carlos Ferreira da Silva – Pirulito

Uberaba – Paulo César; Tadeu; Ênio, Derlan e Eduardo; Fabiano (Euller) (22’ do 2º); Cafu, Edimar e Evandro (Buiú) (36’ do 2º); Walderi e Leandro Carrijo
Técnico – Luiz Eduardo

Read Full Post »

O Leão do Bonfim foi o primeiro clube a se sagrar Campeão Brasileiro da Série B. Isso aconteceu em 1971, numa dramática decisão com o Remo-PA. Depois do Villa Nova, outros tradicionais clubes mineiros conseguiram repetir a façanha do time nova-limense: Uberlândia (1984), América (1997) e Atlético (2006). Muitos tentam, poucos conseguem conquistar um título tão importante. 

Este foi o time, dirigido por Martim Francisco, que faturou a Série B em 1971:

villa1971.jpg
Em pé, da esquerda para a direita: Arésio, Zé Borges, Bráulio, Daniel, Cassetete e Mário Lourenço;
Agachados, da esquerda para a direita: Jésum, Paulinho Cai-Cai, Eduardo Perrela, Piorra e Dias

Read Full Post »

Villa parte para reabilitação no Alçapão

Depois de sofrer a primeira derrota na Terceira Fase do Campeonato Brasileiro da Série C (2×4 para o Vila Nova-GO, no Serra Dourada), o Villa Nova vai passar a sexta-feira nos aeroportos. A viagem de volta a Minas começa às 11h50 em Goiânia, com uma escala em Guarulhos-SP. A chegada a Nova Lima, salvo algum atraso, está prevista para às 19h. Assim, o técnico Flávio Lopes definirá a equipe alvirrubra para o início do returno desta etapa da competição no treinamento programado para a manhã de sábado.

No próximo domingo, às 16h, haverá a revanche contra o time goiano, no Estádio Municipal Castor Cifuentes. Apesar do revés no Serra Dourada, as chances de classificação continuam boas, bastando ao Leão vencer os dois próximos jogos que serão realizados no Alçapão do Bonfim. Depois do Vila Nova-GO, o clube nova-limense recebe o Esportivo-RS no outro domingo, 30/09.

Flávio terá, depois de muito tempo, o meio-campo titular à disposição, bem como a zaga titular, com os retornos de Rodrigão e André, que cumpriram suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. A dúvida passa a ser o atacante Rômulo. O jogador sentiu uma contratura no músculo adutor da perna esquerda e foi vetado para a partida de ontem. Rômulo ficará em tratamento intensivo e tem boas perspectivas de atuar no domingo.

Após o treinamento no sábado, os atletas entram em concentração no Hotel Nacional Inn, em Belo Horizonte.

A provável formação do Villa Nova para buscar a reabilitação é esta:

Glaysson; Mateus, Rodrigão, Carciano e Anderson (Raniery); André, Emerson, Paulo César e Márcio Diogo; Fabinho e Rômulo (Lairson)

Ingressos

Os ingressos começaram a ser vendidos nesta sexta-feira. Para quem comprar o ingresso na sexta e no sábado, o valor será de R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia). No domingo, o valor sobe para R$12,00 e R$6,00, respectivamente. Os postos de venda, que funcionam das 9h às 18h nesta sexta e no sábado, são estes:

– Ginásio do Villa
– Boutique do Leão
– Bar do Agnaldo (Retiro)
– Val Calçados
– Ciro Calçados

No domingo, as vendas prosseguem somente no Ginásio do clube, onde haverá comercialização até momentos antes da partida. É muito importante frisar que não haverá venda de ingressos no Estádio Castor Cifuentes no dia do jogo por determinação judicial. A arbitragem será de Antônio Frederico Maciel dos Santos (RJ), auxiliado por Paulo Sérgio Durães Fernandes (RJ) e Ricardo Maurício Ferreira de Almeida (RJ).

Confrontos Villa x Vila

A história registra a realização de cinco jogos entre o Leão do Bonfim e o Vila Nova goiano, este bem mais jovem. Foram dois amistosos, duas partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro da Série A de 1985 e uma pela Série C deste ano. Será a primeira exibição do Vila Nova-GO no Estádio Municipal Castor Cifuentes.

01/03/1975 – Vila Nova-GO 1×1 Villa Nova
10/02/1985 – Villa Nova 3×0 Vila Nova-GO
31/05/1985 – Vila Nova-GO 1×0 Villa Nova
28/07/1998 – Vila Nova-GO 4×2 Villa Nova
20/09/2007 – Vila Nova-GO 4×2 Villa Nova

Homenagens

Paulo César
O volante Paulo César será homenageado pela diretoria do Villa Nova, pois completou 100 jogos com a gloriosa camisa alvirrubra. Paulo César é o jogador mais antigo do elenco villa-novense. Ele chegou ao clube em 1998, aos 19 anos, para defender o time júnior. Antes, jogava no River Plate, time amador do Bairro Parque São João, em Contagem, sua cidade natal.

Profissionalizado em 2000, Paulo César foi negociado com o Internacional-RS em julho de 2001. Depois, retornou ao Villa Nova em três oportunidades: 2002, 2004/2005 e desde agosto de 2006. 

A estréia no time profissional do Villa Nova aconteceu no dia 16 de abril de 2000 no empate por 1×1 com o Ipatinga, no Castor Cifuentes. Paulo César marcou 25 gols até aqui com camisa alvirrubra, sendo que o primeiro deles foi no clássico diante do Cruzeiro (1×1) em 17 de maio de 2000, também na Alçapão do Bonfim.

Além do Leão e Internacional, o meia defendeu Rio Branco-SP, Ipatinga-MG, Democrata-SL e Rio Branco de Andradas, seu último clube antes de retornar a Nova Lima, em agosto do ano passado.

Paulo César receberá uma placa das mãos do presidente João Bosco Pessoa e uma relação completa com todos os jogos e gols marcados pelo Leão do Bonfim até hoje. O texto da placa tem os seguintes dizeres:

PREZADO PAULO CÉSAR:

O VILLA NOVA ATLÉTICO CLUBE TEM A SATISFAÇÃO DE SE CONGRATULAR COM VOCÊ PELA MARCA DE 100 JOGOS ENVERGANDO A GLORIOSA CAMISA ALVIRRUBRA. RECEBA A NOSSA HOMENAGEM E O RECONHECIMENTO PELO TALENTO DEDICADO AO LEÃO DO BONFIM AO LONGO DOS ANOS.

NOVA LIMA-MG, 23 DE SETEMBRO DE 2007

JOÃO BOSCO PESSOA
PRESIDENTE

Pirulito
pirulito.jpgO ex-técnico do profissional Pirulito, atualmente comandando o júnior do Villa Nova, foi homenageado pela Câmara Municipal de Conselheiro Lafaiete, sua cidade natal. Francisco Carlos Ferreira da Silva recebeu na noite de quarta-feira, em sessão solene, o Diploma de Honra ao Mérito Desportivo como reconhecimento público pelos seus relevantes serviços
prestados ao esporte mineiro como atleta e treinador.

Projeto Leão Cultural

No jogo contra o Vila Nova-GO, o Leão do Bonfim começará uma iniciativa denominada Leão Cultural. Cada torcedor que for ao Estádio Municipal Castor Cifuentes está convidado a doar um livro que será recolhido para a montagem de uma biblioteca destinada à utilização dos atletas. A biblioteca, que terá o nome de Jesus Drumond Batista, historiador de Nova Lima, faz parte dos projetos relativos ao centenário do Villa Nova, a ser comemorado em 2008.

Veja a matéria do Projeto

JORN. WAGNER AUGUSTO
ASSESSOR DE IMPRENSA E HISTORIADOR DO VILLA NOVA AC

Read Full Post »

Luciana Rodrigues
Jornalista do Villa Nova AC

No dia 18 de setembro, a Diretoria Glorioso Centenário se reuniu na Secretaria do Villa Nova, para uma ocasião especial: convidar o historiador Jesus Drumond Batista, para ser o patrono da Biblioteca do Leão, destinada aos jogadores do clube. Na ocasião, foi servido um coffee break, que contou com a presença de autoridades e funcionários villanovenses.

O projeto nasceu de uma iniciativa pessoal do Presidente João Bosco Pessoa, que defende a idéia de que, um atleta deve desenvolver o lado intelectual também, e não apenas o físico. Em seu discurso, o dirigente villanovense frisou que: “Quando os jogadores tiverem de folga, poderão ter contato com o mundo da literatura, no próprio estádio”. A biblioteca ficará em uma sala, nas dependências do Castor Cifuentes. O Presidente destacou também que: “Não haveria melhor escolha do que convidar para nomear a biblioteca, o Senhor Jesus Drumond Batista, que além de historiador, tem importantes capítulos na história villanovense, tendo sido membro do Conselho Deliberativo do Villa, por 20 anos, e Sócio Proprietário do clube, com a cota de número 12”.

Muito emocionado, Jesus Drumond aceitou o convite, e relembrou histórias do tempo em que havia uma grande rivalidade na cidade de Nova Lima, entre o Villa Nova e o Retiro (time que na atualidade, pertence à categoria amadora da cidade). “Desejo sucesso aos senhores, que não se preocupam somente em presidir o clube, mas em levar cultura aos jogadores. Uma biblioteca é um dos principais legados que se pode deixar às gerações futuras”, destacou.

O Vice-Presidente Social e de Esportes Especializados, Luciano Vítor Gomes (Luck – Presidente da Câmara de Vereadores), o Vice-Presidente Administrativo, Domingos Sávio Pessoa (Dominguinhos), o Vice-Presidente de Futebol, Luiz Carlos Ferreira (Luizinho) e o Vice-Presidente de Patrimônio, Jaconias Gomes de Souza (Vice-Prefeito de Nova Lima) fizeram uso da palavra, enaltecendo a importância do projeto, e parabenizando o historiador Jesus Drumond, por ter aceitado “emprestar seu nome a tão nobre causa”.

O filho de Drumond, mais conhecido como: “Fernando Capeta”, agradeceu a homenagem. “Se minha mãe estivesse viva, estaria comemorando vitória dupla: ter visto uma Miss nova-limense ganhar o título de Miss Minas Gerais (alusão feita à Marina Marques, que ganhou o título do concurso, no dia 15 de setembro), e ter assistido a esse convite. Ela era villanovense de coração e alma”, conta comovido.

A homenagem foi uma surpresa ao nova-limense que coleciona fotos, revistas e matérias da cidade de Nova Lima; além de escrever histórias e biografias. Agora, compete aos villanovenses, a doação de livros, para o projeto. A partir desse domingo, a torcida poderá efetuar as doações, na portaria do estádio Castor Cifuentes. A biblioteca será inaugurada dentro das comemorações do Centenário do Leão.

VILLANOVENSE: No jogo de domingo (Villa x Vila Nova (GO)), além de sua torcida, leve um livro, para a biblioteca alvirrubra. Os jogadores do Leão contam com seu apoio, nos jogos e nos livros. Participe!!

Read Full Post »

Older Posts »