Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Atletas’ Category

Conforme o site Futebol Mineiro MBL, o América vai emprestar cinco jogadores nos próximos dias. O atacante Jáder devera ter uma oportunidade no Villa Nova na disputa do Campeonato Mineiro. O também atacante Lafaiete e os volantes George, Wesley e Faísca podem ir para o Tupi. O Villa também está na briga por esses atletas.
O jornalista Carlos Sevidanes da Rádio Itatiaia afirmou através do twitter, que o meia Ramon Menezes não passou de um sonho para o Leão do Bonfim. O Jogador renovou contrato com o Vitória e o Villa continua procurando seu camisa 10.

AMISTOSO

Neste domingo o time venceu o Contagem por 3 a 0. Dia 17 ás 16 horas e 30 minutos no CT do Galo, um teste para Pirulito medir a força do Leão com o Galo de Luxemburgo.

Villa Nova 3 x 0 Contagem

Gols: Serginho, Emerson e Juninho

Primeiro tempo:
Alex; Serginho*, João Jr. e Bruno Lourenço, Jesiel; João Paulo, Rafinha, Renan Vieira, Marlon; Fabinho e Rodrigo
Segundo tempo:
Rafael Córdova (Neguetti); Ceará, Cristiano e Vinícius, Rafael Pacheco; Renan Jr., Cacado, Emerson, Juninho; Allan e Warley

neguetti,

Anúncios

Read Full Post »

Meia poderá chegar ao Leão do Bonfim para a disputa do Mineiro

Ramón iniciou sua carreira em 1983 nas categorias de base do Cruzeiro, alcançando o nível profissional em 1990. Depois de algumas temporadas no time mineiro, onde ajudou nas conquistas de diversos títulos, como duas Supercopa Libertadores, um Campeonato Mineiro e uma Copa do Brasil, se transferiu para o Bahia, em 1993.

Ele Chegou ao Vitória em 1994 e, logo na sua estreia, marcou os 3 gols do triunfo rubro-negro sobre o Jacobina por 3×0 pelo Campeonato Baiano daquele ano. Durante as quase duas temporadas que jogou no Leão, foi sempre destaque nas equipes que formou. Foi artilheiro do Baianão 1995, com 25 gols, se tornando o maior goleador de um único certame desde Claudio Adão, em 1986, até hoje.

Pelo seus gols, principalmente os de falta, no Barradão, ficou conhecido como Reizinho da Toca. Suas apresentações chamaram atenção do Bayer Leverkusen, da Alemanha, que o contratou no segundo semestre de 1995. Permaneceu apenas uma temporada no clube alemão e, em 1996, foi repatriado pelo Vasco da Gama.

No clube carioca, Ramon conquistou quase tudo. Comandou o meio-campo vascaíno durante quatro temporadas e foi um dos principais destaques de diversas conquistas, como a Libertadores de 1998, o Brasileirão de 2000, o Rio-São Paulo de 1999 e o Carioca de 1998. O meia também ajudou o time carioca a chegar à final do Campeonato Mundial de Clubes da FIFA de 2000, sendo derrotado pelo Corinthians. Jogando ao lado de nomes como Juninho Pernambucano, Romário, Edmundo e muitos outros, marcou época no futebol brasileiro com o clube carioca.

No início de 2000, foi para o Atlético Mineiro, onde foi novamente sempre destaque nas equipes que integrou e campeão mineiro em 2000, inclusive marcando o gol que garantiu o título do Galo sobre o Cruzeiro.

No seu retorno ao Vasco, comandou o elenco jovem do clube carioca no Brasileirão de 2002, sendo fundamental para a fuga do rebaixamento com seus 15 gols ao longo do certame. Com uma média de 0,88 gols por partida, terminou recebendo a Bola de Prata de melhor meio-campo da competição.

Depois de uma rápida passagem no Japão, em 2003, onde defendeu o Tokyo Verdy, retornou ao Brasil para defender outros dois clubes cariocas, Fluminense e Botafogo, nas temporadas de 2004 e 2005, respectivamente, não obtendo o mesmo destaque. No ano de 2006, em seu segundo retorno ao clube da colina, viveu momentos conturbados, entrando em conflito com o então ténico do time, Renato Gaúcho, e foi negociado no final do ano.

Em 2007, foi ao Catar para defender a equipe do Al-Gharafa, retornando no mesmo ano ao Brasil para jogar pelo Atlético Paranaense, fazendo passagem discreta. Ainda no primeiro semestre de 2008, numa parceria que envolveu compra e venda de vários jogadores, Ramon retornou ao Vitória, onde jogou 15 anos antes.

Na sua segunda passagem pelo Leão, Ramon foi fundamental na conquista do Baianão 2008, campeonato em que o time baiano se encontrava numa situação muito delicada, tendo sido considerado campeão apenas pelo número de gols marcados, no quadrangular final da competição. Também foi um dos principais destaques na surpreendente campanha do rubro-negro no Brasileirão de 2008. Porém, ainda na disputa do campeonato, depois de desentendimentos com o então técnico do clube baiano Vágner Mancini, ele foi dispensado e aceitou um convite para jogar no futebol turco, onde atuou apenas oito vezes.

Em março de 2009, o Vitória, já sem Mancini, contratado pelo Santos, anunciou outra vez a contratação do jogador, depois de ser dada como certa a sua tranferência para o Santa Cruz. Nas finais do do Baianão 2009, marcou três dos quatro gols que o time baiano fez contra o seu maior rival, o Bahia, garantindo o tricampeonato para o Leão e também terceiro título da carreira do jogador.

No dia 19 de agosto, o Reizinho da Toca entrou para a história do Campeonato Brasileiro ao marcar o seu 93° gol, 1° da vitória do time rubro-negro sobre o Atlético Paranaense por 2 a 1, em Brasileirões, se igualando a Reinaldo na décima posição na lista dos maiores artilheiros da história da competição.

TÍTULOS

Cruzeiro

Campeonato Mineiro: 1990
Supercopa Libertadores: 1991 e 1992
Copa do Brasil: 1993

Vitória

Campeonato Baiano: 1995, 2008 e 2009

Vasco

Campeonato Brasileiro: 1997
Campeonato Carioca: 1998
Taça Libertadores: 1998
Torneio Rio-São Paulo: 1999

Atlético Mineiro

Campeonato Mineiro: 2000

Títulos Pessoais: Bola de Prata da Revista Placar: 2002

Read Full Post »

danielblog

Célebres torcedores alvirrubros,

Domingo o Leão conseguiu um resultado pra gente se lembrar sempre. Tomamos de quatro a dois em casa na final da Taça Minas Gerais e agora temos que reverter o placar em pelo menos três gols de diferença.

Digo que temos que lembrar sempre este resultado, porque estou confiante que o Villa vá reverter este quadro e este momento irá pra história. Apesar de todos estes incovenientes que temos pela frente, de não termos a vantagem de jogar a finalíssima em casa e também não ter a regalia de jogar por dois resultados iguais, será uma batalha árdua lá no Triângulo.

Conforme o técnico Moacir disse na coletiva, logo após o jogo, os problemas do time na reta final culminou no placar adverso aqui em Nova Lima. Somente na zaga, o time estava sem o capitão Carciano e o Weldes, que sofreu contusão no joelho esquerdo. Além do Fernando, que sofreu uma perda grande com o falecimento do seu pai, na semana anterior, mesmo assim foi guerreiro o suficiente para jogar a primeira partida da final. O treinador improvisou o lateral Osvaldir, que também já atuou neste campeonato, como volante e muito bem. É o nosso “Marquinhos Paraná”.

No ataque tivemos a ausência do velocista Allan, que fez muita falta, apesar do Ely Thadeu, seu substituto imediato, ter feito uma excelente partida. O centroavante Eraldo, artilheiro da Taça MG, também não jogou 100%. Ele vem jogando no sacrifício desde o primeiro jogo contra o Uberlândia, quando sofreu uma torção no tornozelo esquerdo.

euacredito10Todos estes problemas acarretaram no resultado negativo. No entanto percebi, logo depois do jogo, lá no vestiário, um clima de “ainda podemos conquistar este campeonato”. Os jogadores estavam muito abatidos e tristes, mas fizeram um momento de silêncio e depois foram guerreiros mostrando que ainda não acabou, que falta mais noventa minutos.

Eu confio nos jogadores e no Moacir Júnior. Estou acreditando, pelo trabalho e dedicação de quem realmente trabalhou para chegar à final, deixando pra trás clubes que estavam mais preparados, como é o caso do Tupi e Uberlândia, que vinham com um elenco já pronto desde o final do Campeonato Mineiro. O Villa foi montado a menos de 20 dias da Taça Minas Gerais e o técnico e sua comissão merecem respeito e elogios.

Read Full Post »

zeraimundo_2008

Minha atuação como dirigente de um clube de futebol durou apenas quatro meses, pois, desde a última segunda-feira 19 de outubro estou licenciado do cargo de vice-presidente administrativo do Villa Nova por tempo indeterminado, mesmo assim, porque o presidente Adão Gomes se recusou a aceitar a minha renúncia, e por respeito as poderações dele, solicitei o meu afastamento sem data para voltar.

exitOs motivos dessa decisão são estritamente pessoais, no momento em que preciso voltar a me dedicar mais ao meu trabalho e cuidar de questões onde necessito de tempo total, ficando portanto sem poder dividir minhas atenções com o cargo a que fui eleito.

Confesso entretanto que saio de cena frustado e decepcionado, por não ter conseguido exercer minha função como desejava, impedido sempre por interesses políticos, drama maior na entidade alvirrubra. É impressionante como as coisas são conduzidas quando se quer mudar ou melhorar o andamento do clube de Nova Lima, chegando a ser despresível o monte de articulações que emperram todas as ações no sentido de melhorias, ficando a entidade a mercê de intereses pessoais sempre dos que se julgam os maiorais da cidade.

Xadrez_Politicagem3Existe uma torcida contra de todos os lados movida por facções aliadas de um ou de outro, de fulano ou de siclano, todas elas particulares, criando batalhas internas que fazem muito mal ao clube e que com certeza tem levado a centenária entidade a um perigoso caminho sem volta.

Peço desculpas aos conselheiros que votaram na chapa em que fui eleito e principalmente aos torcedores, esses sim os verdadeiros villa-novenses. Quem deveria também pedir licença e sair do clube são os jogadores do atual plantel, que esboçaram uma greve na véspera do jogo contra o América alegando salários atrasados, os deles no caso estavam com sete dias de atraso, enquanto a maioria dos funcionários amargam mais de oito meses sem receber o que lhes é de direito. Ao invés de fazerem essas irresponsáveis ameaças, os jogadores deveriam ter respeitado a camisa vermelha e branca vencendo o jogo para alcançar a classificação à fase semi-final da competição, para não precisarmos ficar na agonia da dependência de tropeços dos adversários, em um torneio em que o time tinha obrigação de se garantir.

Acredito que a única contribuição que conseguirei dar ao Villa Nova, é a de continuar a ser um crítico severo e também construtivo aqui neste espaço da Crônica do Leão, e para tanto peço licença a torcida villa-novense e aos leitores do Jornal Cultura e Comércio.

Saudações alvirrubras, um abraço para o amigo Rinaldo Giorgini, e até a próxima se Deus quiser.

Read Full Post »

ITUIUTABA ainda está estudando se entra na competição

O presidente do clube do Triângulo Mineiro, Rone Morais, disse que até o fim desta semana será resolvido se o time vai ou não disputar a Terceira Divisão nacional. “Ainda estamos estudando, porém não houve ainda definição, o que deve ocorrer nos próximos dias.” A participação do Ituiutaba está dependendo do aparecimento de novos investidores para custear as despesas da competição. O dirigente, porém, não confirmou a informação. Quando conquistou a Taça MG do ano passado, o Ituiutaba abriu mão da vaga na Série C, preferindo disputar a Copa do Brasil, da qual já foi desclassificado. Mas voltou a garantir presença na Terceira Divisão ao terminar o Estadual em quarto lugar.

Villa: Começa a montagem para o segundo semestre
Estado de Minas

O time do Leão vive a expectativa de disputar o Campeonato Brasileiro da Série C, já que o alto custo da competição, orçada em R$ 1 milhão, é considerado muito alto, tanto pelo Ituiutaba quanto pelo Guarani, de Divinópolis, respetivamente quarto e quinto colocados no Campeonato Mineiro. E pensando no futuro, o presidente do clube, João Bosco Pessoa, começa a trabalhar na montagem da equipe para o segundo semestre, já que se não for confirmado na competição nacional, o Villa participará da Taça Minas Gerais. O primeiro a receber uma proposta de renovação foi o goleiro Glaysson, ídolo da torcida.

Read Full Post »

O Leão do Bonfim continua se reforçando para o Centenário

O Leão do Bonfim não pára de se reforçar para o Campeonato Mineiro de 2008, ano que marca o centenário de fundação do clube. A diretoria alvirrubra confirmou a contratação de mais dois reforços para a competição: o meia ofensivo Tucho (27 anos, ex-Vitória-BA) e o lateral-esquerdo Lu (29 anos, ex-Crac-GO). Os dois atletas se apresentam nesta quinta-feira e viajam às 15h com o restante do elenco villa-novense para Pouso Alegre, no Sul de Minas, local em que será realizada o restante da pré-temporada.

Outro atacante, que disputou o Campeonato Brasileiro da Série B, pode ser anunciado nesta sexta-feira. Nesse caso, o atleta se apresenta diretamente em Pouso Alegre para a realização de exames médicos e avaliação física.

Já o atacante Geufer, contratado na semana passada, pediu um prazo maior para se apresentar, pois está em Portugal. O jogador chega a Pouso Alegre no próximo dia 7.

Enquanto uns chegam, outros partem. O lateral-esquerdo Anderson Paim, que pertence ao Cruzeiro, foi liberado e não faz mais parte do elenco leonino. Estes são os 24 atletas relacionados pela Comissão Técnica para a pré-temporada em Pouso Alegre:

Goleiros:
Arlem
Glaysson
Thiago Vampirinho

Laterais-Direitos:
Édson
Mateus

Laterais-Esquerdos:
Lu
Raniery

Zagueiros:
Bill
Carciano
Rodrigão
Rodrigo

Volantes:
André
Emerson
Everton
Jackson
João Paulo
Paulo César
Romeu

Meias:
Márcio Guerreiro
Tucho

Atacantes:
Márcio Diogo
Rafael Gomes
Robertinho
Washington

Além dos reforços confirmados, as novidades nessa relação são o retorno de Robertinho e Rodrigo, que estavam emprestados ao Itaúna e Uberlândia, respectivamente.

tucho.jpgCurrículo – Tucho
Nome: Anderson Cordoval de Barros
Posição: meia ofensivo
Data de nascimento: 12/2/1980
Naturalidade: Belo Horizonte (MG)
Altura: 1,71m
Peso: 64kg
Trajetória no futebol:
2000 a 2002 – América (MG)
2003 – Santa Clara (Portugal)
2004 e 2005 – Atlético (MG)
2006 – Juventude (RS)
2007 – Uta Arad (Romênia)
2007 – Vitória (BA)

luiscarlos.jpgCurrículo – Lu
Nome: Luiz Cláudio Guimarães Carvalhal Nascimento
Posição: lateral-esquerdo
Data de nascimento: 26/6/1978
Naturalidade: Sete Lagoas (MG)
Altura: 1,70m
Peso: 68kg
Trajetória no futebol:
1997 a 2005 – Democrata-SL (MG)
2005 – Uberlândia (MG)
2006 – Democrata (SL)
2006 – Atlético (MG)
2007 – Democrata-SL (MG)
2007 – Crac (GO)

Em retrospectiva, são estes os reforços contratados até agora pelo Villa Nova para o Campeonato Mineiro de 2008:

Márcio Guerreiro (meia)
Bill (zagueiro)
Washington (atacante)
Everton (volante)
Geufer (atacante)
Romeu (volante)
Tucho (meia)
Lu (lateral-esquerdo)

Parceria

A diretoria do Villa Nova definiu os oito atletas que serão repassados ao Valeriodoce no âmbito da parceira existente entre os dois clubes, a saber:

Bruno Carvalho (atacante)
César (zagueiro)
Hugo (lateral-direito)
Kika (atacante)
Luís Ricardo (volante)
Macaé (goleiro)
Rael (atacante)
Wander (meia ofensivo)

JORN. WAGNER AUGUSTO
ASSESSOR DE IMPRENSA E HISTORIADOR DO VILLA NOVA AC

Read Full Post »

Villa Nova contrata dois e pode anunciar mais reforços

O Leão do Bonfim acertou a contratação de mais dois reforços para a disputa do Campeonato Mineiro de 2008, ano que marca a comemoração do centenário de fundação do clube: o atacante Geufer (27 anos, estava no Nacional da Ilha da Madeira) e o meia defensivo Romeu (33 anos, estava no ABC-RN). Os dois atletas se apresentam na quarta-feira, 2 de janeiro, no Estádio Municipal Castor Cifuentes, e no dia seguinte seguem com o restante do grupo alvirrubro para o Resort Maracanã, localizado em Pouso Alegre, no Sul de Minas.

Nessa cidade será realizada o restante da pré-temporada, que teve início em 10 de dezembro. Geufer e Romeu não são os últimos reforços a serem contratados. O presidente João Bosco Pessoa confirma que mais um atacante e um meia ofensivo deverão ser anunciados na próxima quarta-feira. Ambos os atletas disputaram o Campeonato Brasileiro da Série B deste ano.

Quanto aos jogadores cedidos pelo Cruzeiro no âmbito da parceria existente entres os clubes, o dirigente villa-novense afirma que todos permanecem em Nova Lima para a disputa do Mineiro: o lateral-esquerdo Anderson Paim, o zagueiro Rodrigão, os meias André e Emerson e o atacante Márcio Diogo (e mais Márcio Guerreiro, que retornou ao Leão).

O Villa Nova firmou uma parceria semelhante com o Valeriodoce, que disputará o Campeonato Mineiro do Módulo II, e será treinado por Pirulito. Nesse caso, caberá ao time nova-limense a cessão de atletas ao Valério e o pagamento de 60% dos salários dos mesmos.

Em caso de negociação, o Leão terá direito a 80% do valor, ficando o clube itabirano com os 20% restantes. Estes são os jogadores já contratados pelo Villa Nova para o Campeonato Mineiro de 2008:
Márcio Guerreiro (meia ofensivo) (estava na Ponte Preta)
Bill (zagueiro) (estava no Democrata-SL)
Everton (meia defensivo) (estava no América-MG)
Washington (estava no Uberaba)
E Geufer e Romeu, cujos currículos são estes:

GEUFER

geufer.jpgNome completo: Geufer Rafael Hallmann
Posição: atacante
Data de Nascimento: 6/12/1980
Naturalidade: Estância Velha (RS)
Altura: 1,87m
Peso: 72kg
Trajetória no futebol:
1999 – Juventude-RS
2000 – Juventude-RS
2001 – São Bento-SP
2001 – Osasco-SP
2002 – Juventude-RS
2003 – Juventude-RS
2004 a 2007 – Nacional da Ilha da Madeira-Portugal

ROMEU

Nome completo: Romeu Mendes Rodrigues
Posição: meia defensivo
Data de Nascimento: 6/5/1974
Naturalidade: Inhumas (GO)
Altura: 1,81m
Peso: 73kg
Trajetória no futebol:
1995 – Goiás-GO
1996 – Goiás-GO
1997 – Corinthians-SP
1998 – Corinthians-SP
1999 – Corinthians-SP
2000 – Corinthians-SP
2001 – Atlético_MG
2002 – Botafogo-RJ
2003 – Ponte Preta-SP
2004 – Fluminense-RJ
2005 – Remo-PA
2007 – ABC-RN

JORN. WAGNER AUGUSTO
ASSESSOR DE IMPRENSA E HISTORIADOR DO VILLA NOVA AC
LEÃO DO BONFIM – A CAMINHO DO ANO 100

Read Full Post »

Older Posts »